Série Prison Break: Crítica, Elenco, Sinopse E Número De Temporadas!

Série Prison Break: Crítica, Elenco, Sinopse E Número De Temporadas!

Flavio Flavio 20 maio 2020

Dramas ambientados na cadeia são um sucesso. Na série Prison Break pudemos conferir isso, assim como em “Oz”, e posteriormente em “Orange is The New Black. A verdade é que existe certa curiosidade a respeito desse ambiente que nos parece ao mesmo tempo assustador e fascinante.

Com Prison Break não foi diferente. A série ganhou o coração de milhares de fãs, e se tornou um verdadeiro sucesso, sobretudo nos seus primeiros anos.

É importante recordar que ela foi lançada muito próxima a primeira temporada de Lost. Embora boa parte da atenção – tanto da crítica quanto do público – estivesse voltada para os náufragos da misteriosa ilha, Prison Break conseguiu, a sua maneira, fazer certo barulho.

Isso com certeza foi um feito, considerando ainda que o protagonista da série não é assim detentor de grane carisma. Mas, afinal, o que fez dessa série um sucesso? Qual foi a receita utilizada por Prison Break para chegar onde chegou?

A construção do enredo com certeza tem parcela de “culpa” nesse sucesso. A história é muito bem amarrada, a trama é muito bem desenvolvida, e realmente te faz ficar com os olhos arregalados diante da televisão, sem querer perder absolutamente nada.

Receba Novidades

Conheça O Enredo Da Primeira Temporada De Prison Break!

Logo de cara somos apresentados ao drama dos irmãos Lincoln Burrows e Michael Scofield. O primeiro foi condenado a prisão, e está prestes a ser levado para o corredor da morte, enquanto o outro acredita veementemente em sua inocência, e elabora um plano mirabolante para tirá-lo da cadeia.

Por si só essa já é uma história que funcionaria muito bem, afinal, temos ação, drama familiar e traições que poderiam ser facilmente encaixados nesse roteiro. Mas Prison Break vai além – e é justamente aí que habita o seu grande trunfo!


Para conseguir executar o seu engenhoso plano de resgate, Michael tatua em seu corpo toda a estrutura da penitenciaria em pequenos detalhes que não podem ser facilmente percebidos, além de outros dados importantes para a fuga.

E quando você acha que ele vai executar tudo de maneira remota, coordenando a saída do irmão através de um telefone ou algo do tipo….ele simplesmente comete um crime para ser levado para dentro da prisão também, de onde poderão agir juntos. Se isso não é uma jogada de mestre do roteiro, eu já não sei mais de nada!

Química Impressionante Entre Os Atores É Outro Fator Essencial Para O Sucesso Da Série!

Além dessa primeira parte muito bem elaborada e estruturada para nos ambientar nesse universo de injustiças e violência ao qual estão inseridos, os atores que interpretam os irmãos nos presenteiam com uma química sem igual, coroando essa como uma das melhores atuações de séries dos últimos tempos.

Lembra que eu disse que eles não são muito carismáticos? A essa altura do campeonato, após ter avançado alguns capítulos da primeira temporada, provavelmente você estará vibrando com eles, e torcendo muito pelo sucesso de ambos, inclusive com algumas lágrimas diante das dificuldades.

O elenco é inteiro bom, mas os atores protagonistas realmente nos trazem um trabalho impecável, que consegue revelar uma acidez de quem foi injustiçado, com a vontade de fazer justiça, e tudo isso muito bem equilibrado entre eles.

Os dramas entre irmãos são constantes em séries de TV, mas em Prison Break a ligação parece ser ainda maior. É como se eles realmente dividissem o sangue durante a atuação, e isso faz total diferença para o envolvimento do espectador com a série. Dê uma olhada no elenco:

• Wentworth Miller: Michael Scofield;

• Dominic Purcell: Lincoln Burrows

• Sarah Wayne Callies: Dr.ª Sara Tancredi;

• Robert Lyle Knepper: Theodore “T-Bag”;

• Amaury Nolasco: Fernando Sucre;

• Paul Adelstein: “Kellerman”;

• Rockmond Dunbar: Benjamin Miles “C-Note”;

• William Fichtner: Alexander Mahone;

• Wade Williams: Brad Bellick;

• Jodi Lyn O’Keefe: Gretchen Morgan;

• Peter Stormare: John Abruzzi;

• Marshall Allman: LJ Burrows;

Essa é parte do elenco que fez papeis importantíssimos para o desenrolar da trama. Mas, no decorrer de suas temporadas Prison Break contou ainda com outros muitos personagens que foram ajudando a amarrar a história.

Receba Novidades

Número De Temporadas

No total, a história dos irmãos desesperados pela liberdade é contada em 5 temporadas. Existem boatos de que a série deve retornar para uma nova temporada, mas isso ainda não se concretizou – para a tristeza dos fãs.

• Vela a pena assistir?

Se você nunca nem passou perto de um episódio de Prison Break podemos dizer que você é uma pessoa sortuda: ainda tem uma experiência incrível para viver!

A verdade é que a série é genial, e com certeza um dos melhores roteiros já feitos. Apesar de toda a sua fama, podemos até acreditar que Prison Break foi injustiçada, e merecia ainda mais reconhecimento.

Seja para quem gosta de ação quanto para quem curte tramas com trações, intrigas e até mesmo perseguição política…essa história pode te trazer um pouco de tudo isso, e sempre executado de forma genial.

Então, a resposta é: sim! Com certeza vale muito a pena acompanhar a história dos irmãos, e se deliciar com esse drama. É um prato cheio para qualquer cinéfilo/ aficionado por séries.

Veja Algumas Curiosidades Sobre A Série!

Prison Break é tão genial que chegou a ser proibida em algumas várias prisões pelos Estados Unidos. Os dirigentes entenderam que a série poderia dar ideias altamente aplicáveis a respeito de fuga, e preferiram evitar o transtorno.

A série foi gravada em um antigo presidio desativado. Muitas das cenas, inclusive, foram rodadas dentro da cela de um dos assassinos mais assustadores dos Estados Unidos, John Wayne Gacy, conhecido como o “Palhaço Assassino”.

Para se ter uma ideia, ele foi condenado a 21 prisões perpetuas e 12 penas de morte ao ser apontado como autor do estupro e morte de mais de 30 mulheres.

Gravar nesse ambiente com certeza contribuía muito para atenção a ser vivida pelos personagens, e deve ter sido elemento que acabou colaborando com o resultado – excelente – final.

Seja por curiosidade, ou porque você é do tipo que não deixa passar uma boa série em branco, com certeza vale a pena acompanhar essa trama. Prepare a pipoca, e entre no presídio de segurança máxima de For River.

Fique por dentro

Receba as novidades no seu e-mail.

icone newsletter
banner lateral

Encontre o plano ideal para você.

Veja os planos

Selecionamos os melhores planos de telefonia, internet e tv por assinatura para o seu perfil.